Cachorros

Cachorro Triste: Causas e Como Lidar com a Depressão Canina

Quando a amizade é verdadeira sentimentos são compartilhados, se divertir com um amigo, dar risadas em momentos épicos, comemorar vitórias juntos e também ajudar nos momentos de tristeza é sinônimo de uma boa amizade.

Por esse motivo, perceber que seu cachorro está triste, é uma grande preocupação para você.

Quem nunca amoleceu o coração com aquela carinha de pidão dos cães? Porém estudos relatam que os peludos podem sim ficarem tristes, e isso pode ser causas bem serias, como a depressão canina.

Veja a seguir as causas que podem deixar um cachorro triste, e também o que pode fazer para ajudar seu melhor amigo.

Afinal, Cachorro tem Depressão?

Engana-se quem pensa que somente nos seres humanos temos sentimentos, na condição de seres sencientes, ou seja, com sentimentos, nossos amiguinhos também podem desenvolver quadros de depressão.

Depressão canina pode ser causada por diversos imprevistos que podem acontecer na vida do animal, como, mudanças bruscas na vida de um pet e alguns tipos de doenças podem acabar causando um comportamento depressivo no cão.

Especialistas afirmar que, nós humanos sabemos diferencia em nós mesmo o que é de fato tristeza do que é temperamento, de certa forma é muito importante saber diferencias o que é um cão calminho de um cão deprimido.

Sintomas da Depressão Canina

Nunca compare um cachorro com outro, algumas raças são mais hiperativas, como o Border Collie, já outras raças apresentam uma fama de serrem muito preguiçosos como o Buldogue.

Até mesmo dentro de uma mesma raça, os cães podem sim apresentar temperamentos diferentes que podem ser influenciados por fatores como idade e adestramento.

Um verdadeiro amigo conhece a personalidade do outro, é dever seu conhecer bem seu amigo, essa uma das primeiras formas de identificar a depressão canina.

Preparamos para você alguns sinais de cachorro triste que podem ser identificados, veja abaixo:

  • Perda de apetite; 
  • Perda de peso;
  • Recusa em brincar com tutores ou outros pets;
  • Prostração;
  • Isolamento;
  • Agressividade repentina;
  • Olhar perdido e triste;
  • Lambedura excessiva (principalmente do focinho);
  • Bocejos e coceiras frequentes e sem motivo;
  • Automutilação em extremidades do corpo (cauda e patas).

Estudos afirmam que os cachorros apresentam sintomas semelhantes ao da depressão humana, caso você consiga notar um comportamento diferente ou aconteceu alguma mudança brusca na vida do pet, leve seu amiguinho em um veterinário assim que puder.

O que Leva um Cachorro a Ficar Triste?

Agora já sabemos que os cães são animais muito sensíveis e possuem muitos sentimentos, eles podem entrar em quadros depressivos por diversos motivos, e isso pode ocorrer porque são animais muito carinhosos com seus donos.

E por motivo de serem muito sentimentais qualquer alteração na rotina da família pode contribuir para um cachorro triste.

Veja a seguir uma lista preparada por especialistas destacando as principais situações que podem levar seu melhor amigo a uma depressão.

  • Mudança de casa ou no ambiente;
  • Morte ou ausência de um membro da família;
  • Morte ou ausência de um pet próximo;
  • Chegada de um novo pet ou membro da família (como bebês);
  • Maus-tratos;
  • Adestramento inadequado (com uso de punições);
  • Longos períodos presos e sem passeio, principalmente em espaços pequenos.

O que Fazer Para que o meu Pet Supere a Depressão?

Ao notar alguns desses sinais visto acima em seu cachorro, o primeiro passo mais importante é leva-lo ao veterinário assim que for possível.

Exames devem ser feitos para descartar outros tipos de doenças, feito isso o veterinário será capaz de dar um diagnóstico preciso do que seu amigo vai precisar.

Como a maioria dos tipos de tratamento, a depressão canina é tratada com o uso consistente de medicamentos com objetivo de amenizar os sintomas, os medicamentos como homeopáticos, antidepressivos e medicamentos alopáticos devem ser todos prescritos pelo veterinário.

Aconselha-se encaminhar o pet para terapias especializadas, visto que nesse tipo de tratamento o profissional poderá descobri os gatilhos que desencadearam a depressão.

Brinque com seu cachorro e compre brinquedos divertidos para eles, isso também pode ajudar seu amiguinho a sair da depressão. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.