Pet Shop

Como cuidar do pelo de cachorro corretamente

Cuidar do pelo de cachorro não é apenas uma questão de estética. É verdade que ver um cachorro com pelo brilhante realça sua beleza.

Mas não se engane: pelo de cachorro também é uma questão de saúde. Manter o pelo desses animais saudável e bem cuidado é positivo para o seu bem-estar.

Todos sabemos que é a camada que os protege do lado de fora. Mas, além disso, é uma amostra do estado de saúde dos nossos peludos.

Aquele pelo de cachorro liso e brilhante que todos queremos ver no nosso animal é o resultado da sua saúde. É a face visível de sua condição física geral.

Portanto, cuidar do pelo de cachorro não é apenas ter a escova mais adequada para a nossa ou ser regular na sua higiene.

Significa também saber quais variáveis ​​influenciam a aparência geral do nosso animal. Uma forma de garantir a sua saúde por dentro e por fora.

Saber cuidar do pelo de um cachorro faz parte de ser donos responsáveis. E, dada a importância desse compromisso, queremos dar uma olhada em como fazê-lo corretamente.

5 dicas para cuidar do pelo de cachorro

Uma vez compreendida a complexidade, é hora de saber como cuidar do pelo de cachorro de forma prática. Ou, em outras palavras, o que devemos fazer e como dar ao nosso cão um cabelo bonito e saudável.

pelo de cachorro

1. Escove regularmente, com a escova certa e na hora certa

Uma tarefa fundamental para cuidar do pelo de um cão. A escovação deve ser incluída em nossa programação diária, especialmente no outono e na primavera.

Dependendo de como é o pelo profundo do nosso animal, ele exigirá mais cuidados no outono e na primavera.

Além disso, manter um padrão de escovação regular terá um efeito positivo na higiene da nossa casa. E não apenas no outono e na primavera, mas durante todo o ano.

2. Dê banho de acordo com o pelo de cada cão

A frequência com que um cão é banhado é bastante relativa e, novamente, depende de cada cão.

Recomenda-se fazê-lo a cada três semanas ou, no máximo, dois meses, dependendo do pelo do cão. Cães que tem pelo comprido vai precisar de um banho mais regular, enquanto no caso de cães que tem pelo curto podemos apressar esses dois meses.

3. Cuide da sua alimentação, vital para cuidar do pelo de cachorro

O pelo não deixa de ser um espelho do estado geral de um cão. É verdade que a genética do animal também determina o caráter de sua pelagem.

Mas não vamos nos confundir: apenas um cão saudável terá pelos exuberantes, brilhantes e sedosos.

4. Manter a higiene do focinho, cauda, ​​olhos e pernas

Além de escovar ou tomar banho, cuidar do pelo de um cachorro é uma tarefa diária. Por isso, é importante que incluamos certos gestos de higiene do nosso animal em nossa rotina. Uma forma de evitar infecções nele, mas também em nossa casa.

Por isso, é interessante limpar regularmente os pelos das pernas e da cauda.

Duas áreas altamente expostas a bactérias e sujeira em nossas caminhadas diárias.

Também temos que ser rigorosos com a área do focinho. Uma que costuma ficar manchada, tanto de comida quanto de agentes de rua como a terra.

E, finalmente, olho no olho: limpá-los periodicamente com um algodão úmido nos permite remover qualquer sujeira que possa estar ao redor deles. Uma tarefa que evitará desconforto e infecções oculares.

5. Observe a condição do cabelo

Como dissemos, o cabelo é um verdadeiro indicador da saúde de um cão.

Qualquer alteração nele pode estar nos dando sinais de que algo está acontecendo.

Portanto, revisar seu estado geral deve fazer parte de nossas tarefas. Não só nos permitirá detectar se o animal está sofrendo o ataque de um parasita que pode estar comprometendo seu bem-estar.

Também nos alertará sobre qualquer alteração no corpo do nosso cão.

Se percebermos que perde mais cabelo do que o necessário, que o cabelo perdeu o brilho ou que coça demais sem a presença de insetos, é hora de visitar o veterinário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.