Gatos

Gatos Resgatados: 7 Dicas Para Adotar um Bichano de rua

Por mais que seja triste saber disso, muitos pets ainda vivem abandonados nas ruas, sem carinho de uma família. Por isso, caso tenha encontrado um gatinho na rua e pretende ajuda-lo, separamos alguns cuidados simples para facilitar. 

Certas precauções devem ser tomadas para segurança do gatinho e da família que deseja adotá-lo. Veja a seguir 7 dicas que separamos quando for adotar gatos resgatados.

Tenha Cuidado na Abordagem

Se você encontrou um gato na rua e pretende adotá-lo, primeiramente observe o entrono e aguarde por alguns momentos. Talvez o pet só esteja passeando, com isso ainda pode ter um lar para voltar no fim do dia.

Se o gato for recém-nascido e abandonado, aconselha-se observar se ele não está com a companhia da mãe, visto que muitas vezes as mamães saem para buscar alimento e deixam seus filhotes sozinhos.

Não é a melhor ideia separar o filhote da mãe, mesmo a rua não sendo a melhor situação. Quando concluir que o gatinho está realmente sozinho e sem um lar, é hora de tomar outras providências.

Transporte com Segurança

Agora que você chegou a melhor conclusão, é hora de buscar a ajuda de um profissional, e também providenciar um método seguro para transportá-lo.

Normalmente os pets de rua por serem maltratados, podem estar contaminados com doenças e parasitas, visto também que o bichano pode não estar acostumado a receber carinhos, o que pode gerar uma confusão ao ser levado no colo.

O mais recomendado é utilizar uma caixa adequada para transportar animais, tente convencer o gatinho já de início, coloque petisco de ração dentro da caixinha que for transportá-lo.

Tenha em mãos o objeto mais confortável para levar o pet, é essencial um bom relacionamento logo no início.

Verifique se há Identificação

De fato, os gatos não são animais que não gostam muito de usar coleira, alguns donos de bichano costumam deixá-los soltos durante o dia, passando seu tempo livre passeando pelos telhados e ruas.

Portanto procure identificar primeiro o pet, fique atento a sinais como, se o felino for muito saudável para um animal que vive na rua, desconfie, converse com alguém e saiba se realmente o animal vive na rua.

Em muitos casos, gatos encontrados na rua nem sempre são abandonados, muitas vezes eles possuem uma família e por acaso se perderam na rua.

Procure um Veterinário

Quando se encontra um animal na rua, o passo mais importante é levá-lo ao veterinário, esse procedimento é essencial para a saúde do gatinho e também da família.

Esse processo deve ser feito para evitar que leve doenças da rua para sua casa, ou até mesmo para outros animais de estimação.

Siga o Protocolo Veterinário

Depois de decidir adotar o gatinho, procure o veterinário assim que puder, alguns passos serão passados do veterinário para você.

A vermifugação e a vacinação estão entre os protocolos que vai ser passado, esses processos são fundamentais para a saúde e bem-estar do felino.

Previna as Fugas

E se você for uma das pessoas sortudas e poder ficar com o gato, é esperado que o bichano retribua o ato de caridade com muito amor, carinho e brincadeiras divertidas, mas os primeiros dias com o novo amigo pode ser desafiador.

Gatos resgatados de inicio precisam de atenção, providencie tudo que o gatinho precisa, além de ficar atento a portas e janelas para evitar fugas.

Busque Ajuda Caso Necessário

Depois de confirmar que realmente o animal está abandonado sem família, é hora de tomar uma decisão, e a melhor decisão se for possível é a adoção do gatinho, o resgate de gatos de rua trará um novo membro e amigo.

Quem ama gatos está sempre com o coração aberto para mais um, porém nem todas as famílias podem adotar, caso não consiga fazer esse bem, é possível buscar por auxilio.

E para esses casos existem possibilidades de contar com instituições de pets abandonados.

Forneça os Acessórios Necessários

O resgate de gatos abandonados, além de ser um ato de amor, certamente irá trazer mais alegria e positividade para seu lar.

Os gatos distribuem amor e carinho por onde passam, por tanto ser pai e mãe de pet também traz responsabilidades.

Ofereça o que seu gato necessita para um bem-estar, equipe seu lar com acessórios como caminha, arranhadores e brinquedos, dessa forma o gatinho vai se sentir mais confortável com o novo lar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.