com quantos anos o cachorro perde os dentes na velhice

Com quantos anos o cachorro perde os dentes na velhice?

Você sabia que o seu cachorro pode perder os dentes na velhice? Isso mesmo, assim como nós, humanos, os cães também podem ficar banguelas quando chegam à terceira idade. Mas isso não significa que seja normal ou inevitável. Na verdade, a perda de dentes dos cães está relacionada à falta de cuidados com a saúde bucal ao longo da vida.

A saúde bucal dos cães é tão importante quanto a nossa, pois influencia diretamente na qualidade de vida, no bem-estar e na alimentação dos animais. Além disso, problemas nos dentes e na gengiva podem causar infecções e doenças graves em outras partes do corpo, como coração, rins e fígado.

Por isso, neste artigo, vamos explicar com quantos anos o cachorro perde os dentes na velhice, quais são os principais fatores que contribuem para esse problema e como você pode prevenir e tratar as doenças bucais que afetam os cães. Acompanhe!

Troca de dentição dos cães

Assim como acontece com os humanos, os cães também nascem sem dentes e depois desenvolvem os chamados dentes de leite, que são temporários e menores. Esses dentes começam a aparecer por volta das 2 a 4 semanas de vida e são 28 no total.

Entre 4 e 7 meses de idade, os cães trocam os dentes de leite pelos definitivos, que são 42 no total e maiores. Essa é uma fase importante para a saúde bucal dos cães, pois é quando eles precisam de mais atenção e cuidados.

Algumas dicas de como cuidar dos dentes dos filhotes nessa fase são:

  • Oferecer brinquedos macios e adequados para a mastigação, que ajudam a massagear a gengiva e a aliviar o desconforto da troca de dentição
  • Evitar brinquedos duros ou objetos que possam quebrar ou danificar os dentes dos filhotes
  • Incentivar a escovação dos dentes desde cedo, usando escova e pasta específicas para cães
  • Levar o filhote ao veterinário para verificar se a troca de dentição está ocorrendo normalmente e se não há dentes retidos ou sobrepostos

Alguns sinais de que o filhote pode estar com problemas na troca de dentição são:

  • Sangramento na gengiva
  • Mau hálito
  • Dificuldade para comer
  • Inflamação ou infecção na boca
  • Presença de dentes de leite e definitivos ao mesmo tempo

Se você notar algum desses sintomas, procure um veterinário o quanto antes para avaliar a situação e indicar o tratamento adequado.

Doenças bucais que afetam os cães

Os cães estão sujeitos a desenvolver diversas doenças bucais que podem causar a perda de dentes na velhice. As mais comuns são:

  • Tártaro: é o acúmulo de placas bacterianas nos dentes, que endurecem e formam uma camada amarelada ou marrom. O tártaro provoca mau hálito, inflamação na gengiva e pode levar à perda dos dentes se não for removido.
  • Gengivite: é a inflamação da gengiva causada pelo tártaro ou por outros fatores, como trauma, infecção ou má oclusão. A gengivite provoca sangramento, dor, vermelhidão e retração da gengiva, que pode expor as raízes dos dentes e facilitar a queda.
  • Doença periodontal: é a evolução da gengivite, que afeta os tecidos que sustentam os dentes, como o osso e o ligamento periodontal. A doença periodontal provoca mobilidade, abcessos, fístulas e perda dos dentes, além de poder se espalhar para outras partes do corpo através da corrente sanguínea.

As causas dessas doenças bucais são variadas, mas as principais são:

  • Falta de escovação dos dentes
  • Alimentação inadequada
  • Predisposição genética
  • Idade avançada

Os sintomas dessas doenças bucais podem ser:

  • Mau hálito
  • Sangramento na boca
  • Dificuldade para mastigar
  • Perda de apetite
  • Alteração no comportamento
  • Presença de pus ou secreção na boca

Os tratamentos dessas doenças bucais dependem da gravidade do caso, mas geralmente envolvem:

  • Limpeza profissional dos dentes sob anestesia, para remover o tártaro e as placas bacterianas
  • Extração dos dentes comprometidos ou com risco de queda
  • Administração de antibióticos e anti-inflamatórios para combater as infecções e as inflamações
  • Aplicação de flúor ou selante nos dentes para prevenir novas formações de tártaro

É importante ressaltar que essas doenças bucais podem ser prevenidas com cuidados simples no dia a dia, como veremos a seguir.

Cuidados com a alimentação dos cães

A alimentação é um fator fundamental para a saúde bucal dos cães, pois influencia na formação e na manutenção dos dentes.

Algumas dicas de como cuidar da alimentação dos cães para prevenir a perda de dentes na velhice são:

  • Oferecer rações de qualidade e adequadas para cada fase da vida dos cães, preferindo as que têm formato e textura que estimulam a mastigação e a limpeza dos dentes
  • Evitar oferecer alimentos humanos, doces, chocolates, ossos, carnes cruas ou outros alimentos que possam prejudicar os dentes, a gengiva ou a digestão dos cães
  • Oferecer água fresca e limpa à vontade para os cães, pois a água ajuda a eliminar os resíduos de alimentos e a manter a boca hidratada
  • Consultar o veterinário sobre a necessidade de suplementos vitamínicos ou minerais para fortalecer os dentes dos cães

Cuidados com a higiene bucal dos cães

A higiene bucal é outro fator essencial para a saúde dos dentes dos cães, pois previne o acúmulo de placas bacterianas e tártaro, que são as principais causas das doenças bucais que levam à perda de dentes na velhice.

A escovação diária dos dentes dos cães é o método mais eficaz de higiene bucal, pois remove os restos de alimentos e as bactérias que se acumulam na superfície dos dentes. Para escovar os dentes dos cães, você deve:

  • Usar uma escova macia e adequada para o tamanho da boca do seu cão, ou um dedal de silicone que se encaixa no seu dedo
  • Usar uma pasta de dente específica para cães, que tem sabor agradável e não faz mal se for engolida
  • Escolher um momento tranquilo e relaxado para escovar os dentes do seu cão, elogiando-o e recompensando-o com carinho ou petiscos
  • Levantar os lábios do seu cão e escovar os dentes com movimentos circulares e suaves, começando pelos caninos e molares e depois pelos incisivos
  • Escovar os dentes do seu cão pelo menos uma vez por dia, ou conforme a orientação do veterinário

Além da escovação, existem outros produtos que podem auxiliar na higiene bucal dos cães, como:

  • Brinquedos próprios para a mastigação, que ajudam a remover as placas bacterianas e a massagear a gengiva
  • Petiscos funcionais, que têm ingredientes que combatem o mau hálito e o tártaro
  • Enxaguantes bucais, que são adicionados à água de bebida dos cães e têm ação antibacteriana e anti-inflamatória

Esses produtos não substituem a escovação, mas podem complementá-la e torná-la mais eficiente.

Cuidados com os cães idosos

Os cães idosos são mais propensos a perder os dentes na velhice, pois sofrem com o desgaste natural dos dentes, a diminuição da salivação, a redução da imunidade e o aumento da sensibilidade.

Por isso, os cães idosos precisam de cuidados especiais com a saúde bucal, que incluem:

  • Adaptar a alimentação dos cães idosos, oferecendo rações mais macias ou úmidas, que facilitam a mastigação e a digestão
  • Aumentar a frequência da escovação dos dentes dos cães idosos, usando produtos mais suaves e delicados
  • Levar os cães idosos ao veterinário pelo menos duas vezes por ano para avaliar a saúde bucal e realizar limpezas profissionais sempre que necessário

Esses cuidados podem prevenir ou retardar a perda de dentes dos cães idosos, além de proporcionar mais conforto e qualidade de vida para eles.

Conclusão

Neste artigo, você aprendeu com quantos anos o cachorro perde os dentes na velhice, quais são as principais causas desse problema e como você pode prevenir e tratar as doenças bucais que afetam os cães.

Vimos que a perda de dentes na velhice não é natural nem inevitável, mas sim o resultado da falta de cuidados com a saúde bucal ao longo da vida. Por isso, é fundamental cuidar da alimentação, da higiene e da saúde dos cães desde filhotes até idosos, para evitar que eles fiquem banguelas na terceira idade.

Esperamos que este artigo tenha sido útil e informativo para você. Se você gostou, compartilhe com seus amigos e deixe seu comentário abaixo. Obrigado pela leitura e até a próxima!

Similar Posts